sábado, 18 de junho de 2011

Entre sonho e realidade

“- Dormiu já?
- Não, mas é como se já tivesse.
- Por quê?
- A realidade é tão boa que parece um sonho.”

(Diálogo entre h e t à cerca de um ano)

Há um ano a realidade me parecia um sonho, de tão maravilhosa que era. Hoje sinto que era exatamente isso que aquela realidade era: um sonho. E como todos os sonhos uma hora acaba, o meu também acabou. Quando um sonho acaba não adianta fechar os olhos e tenta voltar a dormir, o sonho não volta, não dá pra continuar de onde paramos no próximo cochilo. O jeito é acordar.
Eu acordei confusa, em choque por perceber que estava na minha cama de pijamas, e que aparentemente tudo que eu vinha vivendo não passava de um sonho. Fiquei mal humorada, triste e chateada ao perceber que meu sonho não era real, e mais chateada ainda por não poder me prender à irrealidade e ficar lá, sonhando pra sempre.
O choque com a volta a realidade foi tão grande que passei o dia cabisbaixa, tentando entender como eu estava de volta às velhas rotinas, à velha solidão... E mais que isso, passei o dia tentando lembrar cada detalhe do sonho, cada momento, cada pedacinho, como se quisesse gravá-lo na memória para não esquecer nada. Se eu não podia mais viver o sonho, pelo menos poderia relembrá-lo.
Quanto mais eu forçava a memória mais me doía ter acordado, até que comecei a lembrar das partes não tão boas do sonho, elas vinham como flash, eu não queria lembrar essas partes, queria lembrar apenas as partes boas do sonho para arquivá-lo na memória, mas os trechos desagradáveis teimavam em surgir na minha mente. Parei de evitá-los e deixei que viessem... reorganizei os trechos do sonho com o máximo de fidelidade que consegui , e fui me dando conta que talvez o sonho não tivesse sido tão bom assim. Sim foi um sonho bom, mas em alguns pontos parecia um pesadelo, e eu lembro que cheguei a desejar acordar.
Demorou o dia quase todo, mas a tristeza por ter acordado do sonho mais bonito que já tive passou. Agora meu problema é outro: Estou com medo de dormir e ter outro sonho, gostaria de permanecer acordada a noite inteira e nunca mais perder a noção de realidade. Será que café resolve?


3 comentários:

  1. Não resolve. Entregue-se... Quem sabe o que é realidade afinal?

    ResponderExcluir
  2. Aiaiaia, acabei de ler um post que pergunta se café ajuda, creio que ao menos ele ajuda a manter acordado. Mas você quer o quê? Realidade sofrível ou sonho surreal?

    ResponderExcluir
  3. há um ano eu tbm vivia um sonho e mal sabia que estava prestes a terminar...


    tive que acordar dele, e ele continuou acordado em mim.


    lindo seu post.
    bjsmeus

    ResponderExcluir